segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Palestra sobre Planejamento de Carreira


          No dia 06 de dezembro, Patrícia dos Santos - Psicóloga do Boa Vida e demais colaboradores participaram de uma palestra nas dependências do Hotel Himmelblau. A palestra foi gratuita e foi oferecida pelo INPG, a ministrante da palestra foi a Psicóloga Sandra Márcia Liger que abordou o tema: Planejamento de Carreira.
            A palestrante abordou questões pertinentes quando o assunto é a busca por reconhecimento e desenvolvimento profissional. Afirmou que, a base de todo sucesso pessoal, familiar e profissional está no autoconhecimento. E que o sucesso ocorre quando sorte encontra preparação, ou seja, em um mercado cada vez mais competitivo e informatizado, não basta ter a informação, ou o conhecimento sobre as coisas, e sim, ser atualizado e ter competência para aplicar o conhecimento.
            É preciso ter associado ao seu nome a maior quantidade de adjetivos possíveis, porque é através dos adjetivos (características, qualidades) que somos lembrados. Como você quer ser lembrado? Apaziguador(a), confiável, determinado (a), criativo(a). Escreva dois adjetivos que melhor o definem e pergunte as pessoas que trabalham e que convivem com você se elas te veem desta maneira. Faça isto!
            É preciso também saber comunicar, e comunicar não significa apenas falar, até porque muito do que nós comunicamos não está no que falamos, mas em nossos gestos, expressão corporal, facial. O corpo também fala, e muito. Você sabe receber e dar feedback? Você sabe ouvir? Pense nisso!
            É preciso trocar o falar de por falar com, assim evitamos fofocas e mau entendidos. Quando pensamos em comunicar algo, precisamos fazer o teste das 3 peneiras gregas: É útil? É verdade? É boa? Às vezes, até corresponde a realidade, mas raras vezes é bom ou útil… Então, para que perder tempo ocupando minha mente com fofocas sobre a vida alheia. Que me interessa se fulano fez isso de ruim, ou sicrano fez ou disse aquilo contra alguém, se beltrano é assim, ou se não é… Qual a utilidade que isso tem em minha vida? Nenhuma.
               Para sermos bem sucedidos é preciso ter inteligência emocional → ter disposição para fazer com que as coisas aconteçam e mais do que isso, perceber que em toda crise, existe uma oportunidade. Você pode escolher se quer chorar em meio as dificuldades, ou se quer vender lenços.
            Precisamos ser resilientes; isto quer dizer que é preciso manter-se são num ambiente insano. Resiliência é um termo que a psicologia emprestou da física, que significa voltar ao estado “normal”, de origem, após passar por algum tipo de estresse. O melhor exemplo para ilustrar isso, é o de um elástico.
            No entanto, Job (2003), que estudou a resiliência em organizações, argumenta que a resiliência se trata de uma tomada de decisão quando alguém se depara com um contexto entre a tensão do ambiente e a vontade de vencer. Essas decisões propiciam forças na pessoa para enfrentar a adversidade.
Para encerrar, a palestrante fechou a noite com um vídeo espetacular para reflexão chamado: O menestrel de William Shakespeare.

 ONDE VOCÊ QUER CHEGAR? SE VOCÊ NÃO SABE, QUALQUER CAMINHO SERVE.     
                       
Na foto da esq. para dir. : Taíse, Elke, Leandro, Rafael, Patrícia e Sandra, colaboradores do Boa Vida:

Colaborou: Patrícia dos Santos – Psicóloga do Boa Vida, Formação em Tanatologia e  Pós graduanda em Gestão de Pessoas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário