terça-feira, 30 de abril de 2013

5° Encontro com mulheres enlutadas – Grupo Girassol – Serviço Social Boa Vida


        Ocorreu no dia 23 de abril o 5° – Encontro do Grupo Girassol para mulheres enlutadas. O assunto abordado desta vez foi as fases do luto conforme Bowlby um grande estudioso do tema. Neste momento foi explanado as fases que a pessoa enlutada passa ao saber que seu ente querido faleceu. 

        Em seguida cada participante listou as mudanças significativas e os novos papeis que adquiriu, após o falecimento do ente querido. Emoções, lágrimas e sentimentos fortes aparecerem neste encontro.

Além do vídeo, as participantes saborearam um delicioso café.

O próximo e último encontro desse ciclo, será no dia 07/05/2013, a partir das 15h.

Fique atento para o início da segunda turma do Grupo Girassol, que está previsto para junho ou julho de 2013 ! Maiores informações escreva para : servicosocial@boavida.com.br

Na foto, algumas imagens dos encontros:

Colaborou Tássia Hostin - Coordenadora do Serviço Social Boa Vida.

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Treinamento sobre o trabalho em equipe - Voltado para os líderes de setor - Boa Vida

      Nos dias 16 e 17 de abril na parte da tarde Tássia, Patrícia e outros colegas do Boa Vida, participaram do treinamento que teve como tema:  "O trabalho em Equipe".
       Esse treinamento foi ministrado por Elton Soares da Dimensão Consultoria, e abordou temas muito importante para o dia a dia tais como:  a importância do feedback, da crítica, da DR com os colegas do trabalho (discussão da relação), entre outros assuntos. 
      Elton reforçou que o trabalho em equipe é o relacionar-se com o outro e que ao receber um feedback, muitas vezes a pessoa quer "justificar tal coisa", mas o melhor a fazer é receber o feedback e agradecer, sendo positivo ou negativo. Muitas vezes as pessoas vão perceber lá na frente que aquela crítica que recebeu, a ajudou em algum momento da vida. O treinamento contou com dinâmica, paródia, música e muita emoção.

                                  Foto de alguns coordenadores dos setores do Boa Vida:




Colaborou Tássia Hostin - Coodenadora do Serviço Social Boa Vida.

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Trabalho X Vida

           Falar de morte ainda é tabú, embora é sabido que em algumas culturas este tema seja explorado com naturalidade.
Trabalhar numa funerária ou num plano de assistência funerária muitas vezes faz tudo parecer cercado de mistério, gerando mil e umas perguntas e um certo medo dentre aqueles que possuem amigos e familiares que estão inseridos neste ramo.
Antes de mais nada é importante deixarmos de lado qualquer preconceito quanto ao profissional que trabalha neste ramo. Podemos dizer que esses profissionais lidam com a morte tanto quanto com a história de vida da pessoa falecida. Na funerária por exemplo, existe todo um processo de cuidado do corpo que envolve elaborada preparação, restauração até mesmo detalhes como maquiagem ou cor das unhas da pessoa falecida ou ainda o penteado e o cuidado com a barba. Há uma preocupação, um respeito por esta pessoa falecida, afinal ela carrega uma história de vida, um passado.
No plano, além da assistência funerária, há também outros tipos de serviços voltados aos clientes,  como por exemplo, o empréstimo de material de recuperação, onde na maioria das vezes as famílias nos procuram também com um certo tipo de tristeza, pois buscam este tipo de equipamento para um familiar que está passando por problemas de saúde, desde diabetes que ocasionou a amputação de alguma parte do corpo a uma cirurgia que exige o uso de cadeira de rodas.
Os descontos na rede de parcerias servem para que os clientes possam ter acesso ao tratamento e manutenção da sua saúde que muitas vezes não são supridos pelo Sistema Único de Saúde.
Mas além do que as pessoas possam imaginar, trabalhar no serviço funerário é bem mais que simplesmente trabalhar com a morte, seja no Boa Vida ou na Funerária Haas. Lidamos diariamente com as questões da vida do ser humano e somos sempre desafiados a vê-los como um todo. Entendemos que o(a) falecido(a) precisa de respeito e cuidados especiais, mas também acreditamos que a família enlutada (filhos, pai, mãe, netos), tristes com o falecimento de seu parente, precisam de atenção e atendimento humanizado. Dar apoio e orientação a partir do momento do óbito, orientar e buscar soluções para questões burocráticas, assumir o papel de apoiador neste momento tão difícil é nosso grande objetivo.
É para todas as pessoas da comunidade, para todos os clientes e futuros clientes que nós desempenhamos nosso papel de prestar atendimento humanizado, com zelo, respeito e dignidade. 





Colaborou Tássia Hostin - Coordenadora do Serviço Social

quinta-feira, 11 de abril de 2013

4° Encontro com mulheres enlutadas – Grupo Girassol – Serviço Social Boa Vida

        Seguindo o cronograma, no dia 10 de abril ocorreu o 4° encontro do Grupo Girassol, destinado neste primeiro momento para mulheres enlutadas. São mulheres que tiverem perdas de filho, neto, esposo, pai, enfim; mulheres que vivenciam o processo do luto pela perda de alguém significativo.
      A proposta deste encontro foi a utilização da criatividade das participantes para a expressão de sentimentos. É comum em grupos de apoio, ter pessoas com maior facilidade de comunicação/verbalização, porém, outras que se sentem mais a vontade ouvindo e fazendo pequenas contribuições, outras ainda que conseguem se expor com maior conforto através da arte.
A aplicação da Oficina teve como objetivo que as participantes pudessem contar através dos recursos disponíveis, como se sentem em relação a perda no aqui e agora, levando em consideração os quatro encontros do grupo. 
         Posteriormente foi o momento de compartilhar/socializar a produção artistica e o seu significado para cada uma das participantes.
Neste encontro foi possível perceber a ansiedade de uma das participantes frente a chegada próxima do fim deste ciclo de encontros. E neste mesmo dia , outras participantes tomaram a iniciativa de se
reunirem e se ajudarem mesmo fora do grupo. O fechamento foi um delicioso café e uma boa conversa descontraída.
O próximo encontro será no dia 23/04/2013, a partir das 15h.

Acompanhe as novidades do blog do Serviço Social do Boa Vida e fique atento para o início da segunda turma do Grupo Girassol, que está previsto para junho ou julho de 2013 !


Na foto Patrícia - Psicóloga, algumas das participantes e as montagens que elas criaram:


Colaborou Patrícia - Psicóloga do Serviço Social Boa Vida.



terça-feira, 2 de abril de 2013

Participação da Rosinha e Mathias na ação de Páscoa da ABLUDEF e entrega da lembrança de Páscoa para os colaboradores do Boa Vida e da Haas

Os mascotes do Boa Vida Rosinha e Mathias participaram da ação de Páscoa da ABLUDEF - Associação Blumenauense de Deficientes Físicos de Blumenau.
Os mascotes animaram a festa com brincadeiras e fizeram as crianças darem gargalhadas.
Rosinha a Mathias levaram alegria, diversão e carinho para as crianças.

Na foto os mascotes e as crianças na ABLUDEF:

E não é só criança que se diverte com os mascotes não, no Boa Vida Rosinha e Mathias entregaram a lembrança de Páscoa para todos os colaboradores. 


Na foto os mascotes entregando a lembrança de Páscoa para os colaboradores do Boa Vida e da Haas:




Fotos dos colaboradores que trabalham nos escritórios das filiais do Boa Vida e na matriz:
Da esquerda para direita, parte de cima Taise e Sandriléia de Pomerode, em seguida Sulamar, Taise e Simone de Indaial,  embaixo (esq.) Taise e Almir de Timbó e por fim os colaboradores do escritório da sede matriz do Boa Vida de Blumenau:




Colaborou Tássia Hostin - Coordenadora do Serviço Social