quinta-feira, 27 de junho de 2013

Por que tudo tem um fim ?

          É difícil perder alguém, porque parece ser impossível acostumar-se com uma perda. É complicado entender que nunca veremos novamente aquela pessoa. Não é como uma briga que termina com um simples pedido de "desculpas". Ou como a distância que acaba seja com minutos de caminhada ou uma passagem de avião. É algo definitivo sabe ? E torna-se terrível pensar que aquele adeus foi o último, sem a chance de um novo "olá". Não foi uma despedida da maneira que você queria e muito menos do modo que aquela pessoa querida merecia.
Quando se fala de morte tudo trata-se de um pouco de fim e ninguém acostuma-se com isso, sempre desejamos o começo e quando não é possível reinventamos um novo começo. Tudo para não admitir que algo terminou. E que, sim foi o último abraço, o último beijo. O último e não o primeiro de muitos. Foi o último e não há nada que se possa fazer a respeito. Isso é sem dúvida o pior, o "não dá". Queremos que dê e dê sempre. Que seja possível enganar a morte, que o tempo permita mais um único beijo e que se possa fazer alguma coisa a respeito, qualquer coisa. Porque quando se fala de morte; Sim, se fala de fim, mas também de início. Início de dor e esta ninguém deseja.

       Dor sabemos, é uma palavra muito forte. Mas depois de uma perda ninguém é o mesmo. Falta tudo,uma pessoa foi embora e restaram apenas as lembranças.

Mas precisamos sobreviver, por isso nos resta chorar para tentar aliviar tudo o que ficou, ou procurar maneiras de expressar a dor pela perda do ente querido.
E a vida segue, querendo ou não, com suas delícias e seus dissabores!!!!

Texto extraído do site http://pensador.uol.com.br/autor/barbara_silva/ escrito por Barbara Silva e adaptado por Tássia Hostin - Coordenadora do Serviço Social Boa vida



         Caso você esteja passando por um momento delicado, após a perda do ente querido, entre em contato com o Serviço Social do Boa Vida através do telefone 3222 9999 ou envie e-mail para servicosocial@boavida.com.br .
Converse, dialogue com Tássia que é a Assistente Social do Boa Vida ou com a Patrícia que a psicóloga do Boa Vida.
        Os profissionais do Boa Vida estão capacitados para lhe atender e orientar diante da dor da perda do ente querido. Tenha certeza que a ética e o comprometimento estão/estarão presentes no seu atendimento.

        Informe-se também sobre outros projetos do Serviço Social Boa Vida, como o Grupo Girassol que é um grupo de apoio a pessoas que tiveram perdas (por morte) e que estão vivenciando o processo de luto.
Nos encontros é trabalhada a dor da perda e a vivência do luto, através da socialização. Os encontros contam com a participação ativa dos participantes. São realizadas atividades, rodas de conversa, vivências, tarefas para casa, textos auxiliares, vídeos, filmes tudo isso para ajudar a pessoa que perdeu seu ente querido a entender algumas reações que o luto provoca. O grupo proporciona alívio para quem sofre, pois permite a expressão dos sentimentos, os participantes encontram um local seguro para expor suas questões.

       É um espaço saudável de troca e reflexão sobre a vivência do luto.

Maiores informações através do telefone 3222 9999 com o Serviço social ou através do e-mail servicosocial@boavida.com.br .

terça-feira, 18 de junho de 2013

Psicologia – O que é?

É importante mencionar que a Psicologia é uma ciência. É a ciência que se propõe a estudar o comportamento humano e seus processos mentais.
A psicologia completou em 2012, seus 50 anos de regulamentação da profissão no Brasil, e vem conquistando seu espaço nas mais diversas áreas de atuação.
A Psicologia enquanto profissão atende a demandas variadas, em diferentes contextos, visando em todos, a promoção da saúde e qualidade de vida.

Quando procurar ajuda profissional? Um psicólogo?

    Quando alguma área da nossa vida (conjugal, profissional, espiritual, social, familiar, etc) for afetada por algum pensamento, emoção, sentimento ou comportamento que cause algum tipo de sofrimento, ou prejudique nossa saúde e bem estar;
    Quando estiver passando por transições difíceis, ou com dificuldades para lidar com determinadas situações;
    Ou ainda com objetivo do autoconhecimento e valorização pessoal.

 


Texto escrito  por Patrícia dos Santos - Psicóloga do Serviço Social Boa Vida. 

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Lar Betânia - Festa Junina

O Boa Vida realizou ação social e doou ao Lar Betânia, alguns brinquedos para serem utilizados na brincadeira da pescaria na festa de São João do Lar, que acontecerá no próximo dia 22 de Junho.

Foram doados: jogo de vareta, carrinho, bola, jogo de raquete de ping pong, bonequinha, xuquinha de cabelo entre outros.
A Farmácia Farmais da Itoupava Central doou 5 pacotões de fraldas descartáveis, para serem utilizadas pelas crianças do Lar.

O objetivo do Lar Betânia é proporcionar em tempo integral atividades sócio-educativas e bio-psicossociais que visem o desenvolvimento holístico e harmônico das crianças respeitando-as em suas fases de desenvolvimento e na sua individualidade, defendendo também seus direitos e a vivência da cidadania sendo a entidade um espaço onde a criança/adolescente construa seus conhecimentos e amplie suas experiências. 

Lar Betânia

Endereço: Rua Konrad Adenauer, 90, Ponta Aguda

Cidade: Blumenau - UF: SC

Telefone:3322-2207




















Colaborou Tássia Hostin - Coordenadora do Serviço Social do Boa Vida.