segunda-feira, 23 de maio de 2016

Sobre perdas e luto ...




           O luto é um conjunto de reações emocionais, físicas, comportamentais e sociais em resposta a uma perda significativa. A morte de alguém querido desorganiza, provoca em cada um nós uma dor que parece não ter fim, muitas vezes difícil de superar e que requer tempo para ser “digerida”.
As reações frente ao ocorrido e o enfrentamento da perda vão depender de alguns fatores como: a circunstância da morte, quem era a pessoa falecida e qual papel essa pessoa tinha na vida do enlutado e qual a história e vinculação construída entre outros fatores que serão determinantes para a forma de vivenciar esse processo tão delicado.

Se você perdeu alguém querido e percebe as seguintes reações:

  • Falta de apetite;
  • Dificuldade para dormir;
  • Tristeza;
  • Choro ao falar ou lembrar da pessoa;
  • Falta de vontade de fazer as atividades rotineiras;
  • Cansaço;
  • Sensação de vazio;
  • Isolamento;

        Saiba que estas são reações comuns em quem vivencia o processo do luto, no entanto, a maneira de enfrentamento e expressão é muito singular. Algumas pessoas apresentam dificuldades de elaboração da perda, o luto persiste por um período longo, traz prejuízos para a saúde e para as relações; algumas pessoas ficam paralisadas com a morte do ente querido e parecem não encontrar um novo sentido para continuar a viver. Nestes casos é importante buscar ajuda profissional especializada.


Lembre-se: “Superar não é esquecer, significa aceitar e continuar a viver”.



Colaborou: Patrícia dos Santos
Psicóloga CRP 12/10686
E-mail: patricia.santos@boavida.com.br










Nenhum comentário:

Postar um comentário