quinta-feira, 27 de julho de 2017

Diferentes lutos diante de uma "mesma morte"


Queria ter aceitado as pessoas como elas são,
Cada um sabe a alegria e a dor que traz no coração...(Epitáfio – Titãs)




 É com esse trecho da música dos Titãs que quero iniciar uma breve reflexão sobre as diferentes formas de vivenciar o processo de luto. Desde o nascimento somos arrebatados por diferentes perdas, no entanto, a morte é considerada a mais desorganizadora. Há estudos que comprovam que a morte de uma pessoa deixa no mínimo quatro pessoas em situação de luto. Podemos definir luto como um conjunto de respostas (interna e externa) a uma perda irrevogável. É uma experiência pessoal e única. Ainda que a perda seja da mesma pessoa, observamos que a reação de cada familiar se dá de maneira diferente entre si; cada indivíduo possui seus próprios recursos internos para expressar dor e sofrimento,  para dar vazão as emoções e expressar sentimentos.


No entanto, essas diferenças são ocasionadoras de muita angústia entre os familiares; por vezes geram até mesmo conflitos. Um dos motivos de conflito em decorrência de uma morte na família, se dá, pelo fato de que o senso comum estigmatiza aquele que não chora, ou seja, se não chora é porque não está triste ou tocado pela perda, não está sofrendo!.  Esta afirmação, além de não ser verdadeira, gera muita culpa naqueles que não conseguem expôr seu pesar e sofrimento pela morte de uma pessoa querida de uma forma visível e “esperada” pelos outros.
 Para o bem estar psicológico é importante que cada pessoa encontre a sua melhor forma de dar vazão a dor da perda, os canais de expressão nem sempre serão os mesmos, pois, assim como  encontramos no trecho da música Epitáfio, cada um sabe a alegria e a dor que traz no coração...


A dor do luto é preço que se paga pelo amor e pelo compromisso (Parker).


 Referências:
SOUZA, T. R. C; Morte e Luto: Desafios para os Profissionais de Saúde. Disponível em: http://www.nhu.ufms.br/Bioetica/Textos/Morte%20e%20o%20Morrer/MORTE%20E%20LUTO.pdf.
 Acesso em: 21/08/2014.

Uma  morte, diferentes Lutos. Disponível em: http://www.centromaieutica.com.br/textos/luto/UMA%20MORTE,%20DIFERENTES%20LUTOS.pdf. 
Acesso em 18/08/2014.


Colaborou Patrícia dos Santos – Psicóloga do Boa Vida, Especialista em Gestão de Pessoas, Formação em Tanatologia, Formação em Terapia Cognitivo Comportamental.


Nenhum comentário:

Postar um comentário